O Covid 19 e as bandeiras partidárias dos covardes.

Blood sample with respiratory coronavirus positive

Impressionante a quantidade de políticos de mandato que estão desesperados para as eleições chegarem. Homens e mulheres inescrupulosos que se abdicaram da necessidade da cooperação para usarem seu lado covarde.

Estamos passando por uma pandemia ainda pouco conceituada, a população está com medo, há pessoas morrendo e o colapso dos hospitais da rede pública só poderá ser minimizado com o isolamento social.

Contudo, alguns abutres eleitos preferem a forma mais suja e baixa que existe para atacar quem realmente está tentando produzir algo edificante em meio ao caos. A saúde pública brasileira sempre foi deficitária, com milhares de problemas e isso não é novidade.

O problema é que dentro de uma saúde doente temos um vírus que chega com força mortal e é a saúde pública, há décadas cambaleante que está sendo preparada por alguns gestores auxiliados pelos profissionais da saúde, para nos proteger.

O político que não abandonou os discursos rasos de enfrentamento político partidário necessita ser execrado pela sociedade. São pessoas que estão se mostrando detentores de um oportunismo horripilante que beira à psicopatologia.

Detonar a saúde nesse momento é enxugar gelo, pois ela é ruim mesmo, cheia de gargalos, mas é a saúde pública que possuímos e ela não vai renascer por conta do Covid 19. Ela pode ser melhorada e esses esforços eu tenho visto em vários municípios governados por gestores de diversas linhas partidárias.

Mesmo assim, há abutres que estão torcendo para que nem tudo dê certo e o motivo é vil, mas real: temem que os atuais ocupantes das chefias dos executivos acabem sendo beneficiados eleitoralmente em uma possível eleição no final do ano, pleito esse, que a meu sentir, deveria ocorrer em 2021.

Caro cidadão! Da mesma forma que entendo ser o isolamento social a principal arma contra o coronavirus, tenho a convicção de que político que desejar o quanto pior melhor por medo de perder uma eleição precisa receber o isolamento de urna.

Quais os motivos que levam um político eleito por uma população refém de um vírus não publicar em suas redes sociais as notas informativas das ações sobre o enfrentamento realizadas pelo prefeito de sua cidade ou do governador do seu estado?

Que doença é essa que os impede de ajudar sem estar preocupado se o seu adversário está colhendo bônus eleitorais no seu atuar?

Não deem seu voto para aqueles que se mantiveram inertes nesse deserto que estamos atravessando. Nos momento de crise é que identificamos o melhor e o pior de cada pessoa e no caso dos políticos, não pode ser diferente.

Lavem as mãos!
Fiquem em casa!

Foram 17 Leis aprovadas: • 1- Lei nº 8.750, de 11 de maio de 2017, que dispõe sobre a obrigatoriedade de ser franqueado ao consumidor o acesso à cozinha e outras dependências de restaurantes, hotéis e similares no Município de Campos dos Goytacazes. • 2 – Lei nº 8.760, de 29 de junho de 2017, que dispõe sobre a obrigatoriedade de hotéis e estabelecimentos similares oferecerem desjejum apropriado a diabéticos e celíacos no Município de Campos dos Goytacazes. • 3 – Lei nº 8.775, de 20 de outubro de 2017, que estabelece uma política de Combate à Corrupção e a impunidade de agentes públicos no âmbito Municipal e cria o Dia Municipal de Combate à Corrupção. • 4 – Lei nº 8.788, de 30 de outubro de 2017, que Institui no Calendário de Eventos de Campos dos Goytacazes, a Semana de Conscientização Sobre a Alergia Alimentar, realizada anualmente, na terceira semana do mês de Maio. • 5 – Lei nº 8.806, de 21 de dezembro de 2017, que dispõe sobre a proibição do uso, no Município de Campos de produtos, materiais ou artefatos que contenham quaisquer tipo de amianto ou outros minerais que, acidentalmente, tenham fibras na sua composição. • 6 – Lei nº 8.808, de 21 de dezembro de 2017, que dispõe sobre a Política de Valorização à Vida e cria a Semana de Prevenção ao Suicídio. • 7 – Lei nº 8.835, de 22 de maio de 2018, que dispõe sobre atendimento prioritário para pessoas que realizam tratamento de quimioterapia, radioterapia, hemodiálise ou utilizem bolsa de colostomia, no Município de Campos dos Goytacazes. • 8 – Lei nº 8.838, de 23 de maio de 2018, que dispõe sobre a utilização de mensagens educativas informando o uso indevido de álcool, entorpecentes e de cigarros em shows, eventos culturais, esportivos e similares que sejam voltados para o público infanto-juvenil. • 9 – Lei nº 8.856, de 24 de outubro de 2018, que cria a medalha de mérito evangélico. • 10 – Lei nº 8.864, de 22 de novembro de 2018, que dispõe sobre a obrigatoriedade da apresentação da caderneta de vacinação da criança e do adolescente no ato da matrícula e da rematrícula escolar no município de Campos dos Goytacazes • 11 – Lei nº 8.883, de 17 de dezembro de 2018, que proíbe informes de qualquer natureza em estacionamentos ou similares com dizeres que isentem estabelecimentos comerciais, supermercados, shoppings ou congêneres da responsabilidade por danos materiais e/ou objetos deixados no interior do veículo, no Município de Campos dos Goytacazes e dá outras providências. • 12 – Lei nº 8.904, de 09 de maio de 2019, que dispõe sobre a obrigatoriedade dos estabelecimentos comerciais e financeiros no âmbito do Município de Campos dos Goytacazes oferecer atendimento diferenciado para pessoas com deficiência auditiva e dá outras providências. • 13 – Lei nº 8.945, de 24 de outubro de 2019, que institui a Semana de Conscientização e Prevenção à Alienação Parental e dá outras providências. • 14 – Lei nº 8.980, de 09 de junho de 2020, que dispõe sobre a suspensão das parcelas do empréstimo consignado contraídas pelos servidores públicos municipais, ativos, inativos ou pensionistas, pelo prazo de 120 dias ou enquanto durar o estado de calamidade pública reconhecido pelo Decreto Municipal n 062/2020 decorrente do CORONAVÍRUS (COVID-19). • 15 - Lei n°0045, de 13 de julho, de 2020, que dispõe sobre providências para garantir e intensificar o fornecimento de água através de caminhão pipa às famílias, sem água tratada, bem como garantir e intensificar os serviços de limpeza de fossas durante o período em que durar a pandemia de Coronavírus (COVID-19). • 16 - Lei nº 0050/2020, de 11 de agosto de 2020, que institui o Programa e a Semana de Combate ao Racismo Institucional. • 17 - Lei nº 9.017/2020, de 02 de setembro de 2020, que institui no calendário de eventos de Campos dos Goytacazes, a Semana de Conscientização “Janeiro Branco”, que tem como objetivo discutir cuidados em relação a saúde mental.