Instituto crava Cláudio Andrade com 72.16% de popularidade

O Instituto Pappel realizou mais uma rodada de pesquisa por todo o município de Campos com 1.400 entrevistados aferindo a popularidade dos atuais vereadores, bem como de nomes que surgem de expressão no cenário social da cidade.

O resultado relacionado ao nome do vereador Cláudio Andrade (DC) foi considerado alto, além das expectativas, diante de todo o desgaste que o político, em todas as esferas vem sofrendo.

Segundo dados da radiografia realizada pelo instituto, o presidente da CCJ, Andrade, aparece com 72.16 % de aprovação popular no mês de maio. No mês de abril, o instituto já havia cravado 69.91% o que já tinha sido considerado uma aceitação popular alta.

Na Zona 129 Cláudio surge com 70.30%, na Zona 76 com 74.31%, na 75 com 68.67% e na 98 com 75.35%.

Além disso, o instituto fez uma aferição específica na chamada ‘Pedra’ e nessa abordagem, Cláudio aparece liderando como o vereador mais citado no quesito popularidade.

Segundo Andrade as idas semanais às comunidades, a manutenção dos projetos de campanha (Gabinete na Praça, Em Ação e Itinerante) tem refletido positivamente no seu mandato.

Além disso, os posicionamentos claros feitos em plenário, as leis em vigor (12 até o presente momento), o Conselho de Combate à Corrupção cada vez mais operante e os atendimentos ao público são diferenciais que tem refletido satisfatoriamente nas ruas.

LEIS CLÁUDIO ANDRADE • 1 – Lei nº 8.750, de 11 de maio de 2017, que dispõe sobre a obrigatoriedade de ser franqueado ao consumidor o acesso à cozinha e outras dependências de restaurantes, hotéis e similares no Município de Campos dos Goytacazes. • 2 – Lei nº 8.760, de 29 de junho de 2017, que dispõe sobre a obrigatoriedade de hotéis e estabelecimentos similares oferecerem desjejum apropriado a diabéticos e celíacos no Município de Campos dos Goytacazes. • 3 – Lei nº 8.775, de 20 de outubro de 2017, que estabelece uma política de Combate à Corrupção e a impunidade de agentes públicos no âmbito Municipal e cria o Dia Municipal de Combate à Corrupção. • 4 – Lei nº 8.788, de 30 de outubro de 2017, que Institui no Calendário de Eventos de Campos dos Goytacazes, a Semana de Conscientização Sobre a Alergia Alimentar, realizada anualmente, na terceira semana do mês de Maio. • 5 – Lei nº 8.806, de 21 de dezembro de 2017, que dispõe sobre a proibição do uso, no Município de Campos de produtos, materiais ou artefatos que contenham quaisquer tipo de amianto ou outros minerais que, acidentalmente, tenham fibras na sua composição. • 6 – Lei nº 8.808, de 21 de dezembro de 2017, que dispõe sobre a Política de Valorização à Vida e cria a Semana de Prevenção ao Suicídio. • 7 – Lei nº 8.835, de 22 de maio de 2018, que dispõe sobre atendimento prioritário para pessoas que realizam tratamento de quimioterapia, radioterapia, hemodiálise ou utilizem bolsa de colostomia, no Município de Campos dos Goytacazes. • 8 – Lei nº 8.838, de 23 de maio de 2018, que dispõe sobre a utilização de mensagens educativas informando o uso indevido de álcool, entorpecentes e de cigarros em shows, eventos culturais, esportivos e similares que sejam voltados para o público infanto-juvenil. • 9 – Lei nº 8.856, de 24 de outubro de 2018, que cria a medalha de mérito evangélico. • 10 – Lei nº 8.864, de 22 de novembro de 2018, que dispõe sobre a obrigatoriedade da apresentação da caderneta de vacinação da criança e do adolescente no ato da matrícula e da rematrícula escolar no município de Campos dos Goytacazes • 11 – Lei nº 8.883, de 17 de dezembro de 2018, que proíbe informes de qualquer natureza em estacionamentos ou similares com dizeres que isentem estabelecimentos comerciais, supermercados, shoppings ou congêneres da responsabilidade por danos materiais e/ou objetos deixados no interior do veículo, no Município de Campos dos Goytacazes e dá outras providências. • 12 – Lei nº 8.904, de 09 de maio de 2019, que dispõe sobre a obrigatoriedade dos estabelecimentos comerciais e financeiros no âmbito do Município de Campos dos Goytacazes oferecer atendimento diferenciado para pessoas com deficiência auditiva e dá outras providências. • 13 – Lei nº 8.945, de 24 de outubro de 2019, que institui a Semana de Conscientização e Prevenção à Alienação Parental e dá outras providências.