PreviCampos será primeira pauta do Conselho de Combate à Corrupção

Durante a segunda reunião do Conselho Municipal de Combate à Corrupção, na noite da última quinta-feira (2), na Sala de Reuniões da Câmara Municipal, ficou definido que a situação crítica do caixa do PreviCampos (Instituto de Previdência dos Servidores de Campos) será a primeira pauta debatida pelo Conselho.
O presidente do conselho e Procurador Geral do Município, José Paes Neto, e os membros conselheiros definiram ainda a formatação do regimento e pontos essenciais, como data e tema para primeira discussão do órgão.
“Importante essa apresentação de projeto e aperfeiçoamento de acordo com sugestões dos conselheiros. Válido que nesse serviço que o Conselho vai prestar, atuando em mecanismos de transparência, comecemos nossas discussões pela explanação de como se encontra a PreviCampos”, destacou José Paes.
Membros do Conselho durante encontro na sala de reuniões da Câmara (Foto: Carlos Grevi)
Ficou definido nesse encontro que na próxima reunião, marcada para 3 de junho, às 18h, será votado o regimento do conselho, serão eleitos vice-presidente e secretário do conselho, e que uma apresentação sobre a atual situação da PreviCampos será feita pelo presidente do PreviCampos, André Oliveira, também conselheiro desta formação e secretário municipal de Gestão Pública.
“Encontro muito produtivo. Conseguimos delinear os principais pontos da próxima reunião, tendo como mais importante a apresentação do quadro atual da PreviCampos, sendo mostrado o que foi deixado de efetivo prejuízo e que possa ser analisada a necessidade de encaminhamento aos órgãos competentes”, pontuou o vereador Cláudio Andrade, autor da Lei 8775/2017, que originou o decreto de criação do Conselho.
Ficou definido que as reuniões irão acontecer uma vez por mês e extraordinariamente através de convocação, com realização sempre na Sala de Reuniões da Câmara.
Compuseram a mesa o presidente do conselho e procurador do município, José Paes Neto; o vereador Cláudio Andrade,a superintendente de Justiça e Assistência Judiciária, Mariana Lontra Costa e o suplente da pasta no Conselho, Sérgio Renne de Menezes; a suplente da secretaria de Gestão Pública, Thaynam Bairral e o jornalista Ricardo André Vasconcelos, representante da Associação de Imprensa Campista (AIC). Pela segunda oportunidade, o Sindicato dos Servidores Municipais (Siprosep) não enviou representação.