Rodoviários sem pagamento fazem protesto em Campos

Rodoviários fizeram um protesto na rodoviária Roberto Silveira, em Campos, na tarde desta segunda-feira (23). Os ônibus ficaram impedidos de sair do local e a população foi pega de surpresa. Pelo menos duas empresas participaram, sendo a Turisguá e Rogil. Ainda de acordo com os rodoviários, a empresa São Salvador também teria participado do ato. O motivo do movimento, segundo os funcionários, seria o atraso no pagamento.
Os rodoviários informaram que o pagamento de outubro deveria ter sido pago até o quinto dia útil de novembro. Além disso, as empresas estariam alegando que a Prefeitura não teria feito o repasse a elas, informaram. “A minha luz cortaram duas vezes. Ainda bem que não moro de aluguel. Mas tenho duas filhas e tenho que fazer compra, pagar contas. A gente fica até constrangido”, disse um cobrador.
O presidente do sindicato dos Rodoviários, Roberto Virgílio, disse que hoje será publicada uma convocação de uma assembleia para a próxima sexta-feira para decidir os passos da categoria. “O sindicato precisa respeitar a lei. As empresas dizem que não tem previsão de pagamento e que a Prefeitura não pagou a elas”.
Em nota, a Prefeitura informou que “aguarda que os consórcios e as empresas de transporte coletivo apresentem as certidões de regularidade fiscal dos últimos meses para que os valores sejam liberados. De acordo com o Instituto Municipal de Trânsito e Transportes (IMTT), até agosto deste ano foram repassados cerca de R$ 20 milhões às empresas. Em setembro, por exemplo, o IMTT repassou um adiantamento de R$ 3 milhões para que as empresas agilizassem as certidões e pagassem os salários dos seus funcionários. Mesmo assim até o momento as certidões não foram apresentadas à Prefeitura”.
Matéria completa na Folha da Manhã
Share

LEIS CLÁUDIO ANDRADE • 1 – Lei nº 8.750, de 11 de maio de 2017, que dispõe sobre a obrigatoriedade de ser franqueado ao consumidor o acesso à cozinha e outras dependências de restaurantes, hotéis e similares no Município de Campos dos Goytacazes. • 2 – Lei nº 8.760, de 29 de junho de 2017, que dispõe sobre a obrigatoriedade de hotéis e estabelecimentos similares oferecerem desjejum apropriado a diabéticos e celíacos no Município de Campos dos Goytacazes. • 3 – Lei nº 8.775, de 20 de outubro de 2017, que estabelece uma política de Combate à Corrupção e a impunidade de agentes públicos no âmbito Municipal e cria o Dia Municipal de Combate à Corrupção. • 4 – Lei nº 8.788, de 30 de outubro de 2017, que Institui no Calendário de Eventos de Campos dos Goytacazes, a Semana de Conscientização Sobre a Alergia Alimentar, realizada anualmente, na terceira semana do mês de Maio. • 5 – Lei nº 8.806, de 21 de dezembro de 2017, que dispõe sobre a proibição do uso, no Município de Campos de produtos, materiais ou artefatos que contenham quaisquer tipo de amianto ou outros minerais que, acidentalmente, tenham fibras na sua composição. • 6 – Lei nº 8.808, de 21 de dezembro de 2017, que dispõe sobre a Política de Valorização à Vida e cria a Semana de Prevenção ao Suicídio. • 7 – Lei nº 8.835, de 22 de maio de 2018, que dispõe sobre atendimento prioritário para pessoas que realizam tratamento de quimioterapia, radioterapia, hemodiálise ou utilizem bolsa de colostomia, no Município de Campos dos Goytacazes. • 8 – Lei nº 8.838, de 23 de maio de 2018, que dispõe sobre a utilização de mensagens educativas informando o uso indevido de álcool, entorpecentes e de cigarros em shows, eventos culturais, esportivos e similares que sejam voltados para o público infanto-juvenil. • 9 – Lei nº 8.856, de 24 de outubro de 2018, que cria a medalha de mérito evangélico. • 10 – Lei nº 8.864, de 22 de novembro de 2018, que dispõe sobre a obrigatoriedade da apresentação da caderneta de vacinação da criança e do adolescente no ato da matrícula e da rematrícula escolar no município de Campos dos Goytacazes • 11 – Lei nº 8.883, de 17 de dezembro de 2018, que proíbe informes de qualquer natureza em estacionamentos ou similares com dizeres que isentem estabelecimentos comerciais, supermercados, shoppings ou congêneres da responsabilidade por danos materiais e/ou objetos deixados no interior do veículo, no Município de Campos dos Goytacazes e dá outras providências. • 12 – Lei nº 8.904, de 09 de maio de 2019, que dispõe sobre a obrigatoriedade dos estabelecimentos comerciais e financeiros no âmbito do Município de Campos dos Goytacazes oferecer atendimento diferenciado para pessoas com deficiência auditiva e dá outras providências. • 13 – Lei nº 8.945, de 24 de outubro de 2019, que institui a Semana de Conscientização e Prevenção à Alienação Parental e dá outras providências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.