ALERJ concede Medalha Tiradentes à CDL

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Campos, que completou 50 anos no dia 30 de maio, será homenageada pela Assembleia Legislativa na próxima segunda-feira, 10, com a Medalha Tiradentes, maior comenda concedida pelo legislativo fluminense. A iniciativa é do deputado estadual Roberto Henriques. O evento acontece em Campos, na sede da CDL, às 19h.
A Medalha será recebida por Marcelo Mérida, presidente da CDL de Campos e vice-presidente da Federação dos Lojistas do Rio de Janeiro. Este é o sexto mandato de Mérida, que presidiu a entidade pela primeira vez em 1998. O mandato, que é anual, termina no dia 30 deste mês. Quem assume em seu lugar é Roberto Escudine, eleito pela classe lojista do município. A CDL tem 1,4 mil associados em Campos.
No projeto de resolução proposto pelo deputado Roberto Henriques, ele justifica a importância da concessão da Medalha Tiradentes à CDL campista em seu cinquentenário por ser a entidade uma das mais atuantes do Estado do Rio e que vem lutando, ao longo dos anos, não só pelos assuntos referentes diretamente ao setor lojista, mas em defesa do desenvolvimento de Campos e região.
— Em seu honroso meio século essa entidade só lutou o bom combate. Jamais se furtou de participar e defender as grandes causas, quer fossem elas municipais, estaduais ou nacionais, como a luta pelo complexo petrolífero no Estado do Rio e a manutenção dos royalties do petróleo para as regiões produtoras. É uma entidade admirada e respeitada
no Brasil inteiro — afirmou o deputado
Marcelo Mérida considera uma honra para a CDL e para Campos receber a Medalha Tiradentes no ano do cinquentenário da entidade.
— Qualquer palavra de agradecimento ficaria pequena neste contexto. Obviamente temos que agradecer ao deputado Roberto Henriques e à presidência da Alerj, que permitiu que a entrega da Medalha Tiradentes, tradicionalmente feita em sua sede, fosse excepcionalmente entregue aqui em Campos, em nossa sede. Como presidente atual da CDL divido essa honraria com todos os que me antecederam, ao todo 37 outros companheiros. Ao mesmo tempo também dividimos essa honra com toda a sociedade campista e encaramos essa distinção como o reconhecimento de um trabalho de cinco décadas de uma entidade que não prioriza apenas as demandas classistas, mas as de toda sociedade — agradeceu Marcelo Mérida.
A CDL incentiva a formalização do comércio, é uma das mantenedoras do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e possui uma escola de vendas a fim de qualificar mão de obra para a atividade comercial.
As informações são da Assecom do parlamentar.
Share

LEIS CLÁUDIO ANDRADE • 1 – Lei nº 8.750, de 11 de maio de 2017, que dispõe sobre a obrigatoriedade de ser franqueado ao consumidor o acesso à cozinha e outras dependências de restaurantes, hotéis e similares no Município de Campos dos Goytacazes. • 2 – Lei nº 8.760, de 29 de junho de 2017, que dispõe sobre a obrigatoriedade de hotéis e estabelecimentos similares oferecerem desjejum apropriado a diabéticos e celíacos no Município de Campos dos Goytacazes. • 3 – Lei nº 8.775, de 20 de outubro de 2017, que estabelece uma política de Combate à Corrupção e a impunidade de agentes públicos no âmbito Municipal e cria o Dia Municipal de Combate à Corrupção. • 4 – Lei nº 8.788, de 30 de outubro de 2017, que Institui no Calendário de Eventos de Campos dos Goytacazes, a Semana de Conscientização Sobre a Alergia Alimentar, realizada anualmente, na terceira semana do mês de Maio. • 5 – Lei nº 8.806, de 21 de dezembro de 2017, que dispõe sobre a proibição do uso, no Município de Campos de produtos, materiais ou artefatos que contenham quaisquer tipo de amianto ou outros minerais que, acidentalmente, tenham fibras na sua composição. • 6 – Lei nº 8.808, de 21 de dezembro de 2017, que dispõe sobre a Política de Valorização à Vida e cria a Semana de Prevenção ao Suicídio. • 7 – Lei nº 8.835, de 22 de maio de 2018, que dispõe sobre atendimento prioritário para pessoas que realizam tratamento de quimioterapia, radioterapia, hemodiálise ou utilizem bolsa de colostomia, no Município de Campos dos Goytacazes. • 8 – Lei nº 8.838, de 23 de maio de 2018, que dispõe sobre a utilização de mensagens educativas informando o uso indevido de álcool, entorpecentes e de cigarros em shows, eventos culturais, esportivos e similares que sejam voltados para o público infanto-juvenil. • 9 – Lei nº 8.856, de 24 de outubro de 2018, que cria a medalha de mérito evangélico. • 10 – Lei nº 8.864, de 22 de novembro de 2018, que dispõe sobre a obrigatoriedade da apresentação da caderneta de vacinação da criança e do adolescente no ato da matrícula e da rematrícula escolar no município de Campos dos Goytacazes • 11 – Lei nº 8.883, de 17 de dezembro de 2018, que proíbe informes de qualquer natureza em estacionamentos ou similares com dizeres que isentem estabelecimentos comerciais, supermercados, shoppings ou congêneres da responsabilidade por danos materiais e/ou objetos deixados no interior do veículo, no Município de Campos dos Goytacazes e dá outras providências. • 12 – Lei nº 8.904, de 09 de maio de 2019, que dispõe sobre a obrigatoriedade dos estabelecimentos comerciais e financeiros no âmbito do Município de Campos dos Goytacazes oferecer atendimento diferenciado para pessoas com deficiência auditiva e dá outras providências. • 13 – Lei nº 8.945, de 24 de outubro de 2019, que institui a Semana de Conscientização e Prevenção à Alienação Parental e dá outras providências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.